COMUNICADO AIEPC *IMPORTANTE* *ATUALIZAÇÃO*

A Associação dos Enganados e Indignados do Papel Comercial (AIEPC), associação registada na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), vem por este meio informar todos os lesados em papel comercial (ESI e Rio Forte):

  a) Que a propositura de ações ou outros processos judiciais não está estabelecida como condição de acesso à solução que tem vindo a ser elaborada, embora possa ser relevante para a viabilidade e resultado da mesma;          

b) Que, em qualquer caso, é fundamental que os lesados preservem os seus direitos jurídicos perante as entidades responsáveis pelo não ressarcimento das aplicações de papel comercial do Grupo Espírito Santo.

 

O referido em b) implica que os lesados tenham presentes os prazos de prescrição e de caducidade para os diversos tipos de ações e recomenda que, para os casos de prescrição ou de caducidade iminente, procedam a notificações judiciais avulsas. Em particular, deverão precaver a possibilidade de a solução que está a ser elaborada poder não ser concretizada por qualquer motivo não previsível.

Assim, com vista à salvaguarda de todos os direitos jurídicos, aconselha-se todos os lesados a informarem-se junto dos seus advogados ou junto desta Associação com a maior brevidade possível.

A Associação, na sua atividade benemérita, dará sempre a primazia ao acompanhamento, à informação e ao aconselhamento dos seus associados em todo este processo.

Com os melhores cumprimentos,

Ricardo Ângelo

(Presidente AIEPC)

spacer